Pesquisar este blog

segunda-feira, 27 de junho de 2016

DEVOCIONAL - 27/06/2016

O teu Deus ordenou a tua força. (Sl 68.28.)



"O Senhor é a minha força" para prosseguir. Ele nos dá poder para enfrentarmos a rotina do dia-a-dia; para seguirmos pelo trilho longo que parece não oferecer mudança; para atravessar os longos períodos da vida que não oferecem nenhuma surpresa agradável e que deprimem o espírito pela enfadonha monotonia.
"O Senhor é a minha força" para subir. Ele é para mim o poder que me capacita a escalar sem temor o monte da dificuldade.

"O Senhor é a minha força" para estar quieto. E como é difícil estar quieto! Inclusive, quando enfrentamos situações em que somos obrigados a permanecer quietos, costumamos nos queixar dizendo "Ah, se ao menos eu pudesse fazer alguma coisa!"
Uma dura prova para a mãe que vê um filho doente, é ficar a seu lado sem poder fazer nada. Mas não fazer nada, simplesmente ficar quieto e esperar, requer muitíssima energia. "O Senhor é a minha força." "A nossa capacidade vem de Deus."
"O Senhor é a minha força" para descer. É quando deixamos os lugares altos onde o vento e o sol nos circundavam, e começamos a descer ao vale até às regiões mais abafadas, que o coração tende a desfalecer. Certa vez, um homem que aos poucos estava perdendo a sua energia física, lamentou-se dizendo: "É esta descida que me consome!"
"A tua força será como os teus dias" — força de vontade, força de afeto, força de julgamento, força de ideais e realizações.
O Senhor é quem nos transmite a energia de caráter que faz com que tudo em nossa vida se realize com propósito e firmeza. Somos "fortalecidos com poder mediante o Seu Espírito no homem interior". E a força é contínua; Ele nos manda reservas de poder que nunca poderemos esgotar.