Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de maio de 2017

Paixão pelo Reino

Temos uma paixão pelo Reino de Deus. Oramos para que o seu reino venha. Desejamos que seja feita a sua vontade na terra como no céu — que o céu venha e mude o nosso mundo (Mateus 6.10). 

Deus tem um plano para um mundo perfeito com pessoas perfeitas — o Reino de Deus. Não pode haver um mundo perfeito se as pessoas não mudarem primeiro. O evangelho é o poder para transformar as pessoas na imagem de Deus (Romanos 1.16). Não existirá dor ou morte (Apocalipse 21.4). Haverá paz na terra (Lucas 2.14), até mesmo no Oriente Médio (Isaías 2.4), e também prosperidade (Miquéias 4.4).

Deus traçou o seu plano antes da criação (Efésios 1.9-10). Ele deu início ao mundo com um paraíso no Éden. Nosso pecado estragou esse paraíso, mas Deus não desistiu do seu plano. Ele sabia que iríamos pecar e providenciou uma cura para o pecado antecipadamente – a expiação do Messias. Deus restaurará o paraíso e o aumentará. O paraíso restaurado será melhor que o primeiro. 

Comissão Apostólica 

Toda a história está caminhando em direção ao estabelecimento desse Reino – um mundo perfeito com uma sociedade perfeita. Haverá um governo justo com justiça perfeita: os ímpios serão punidos e os justos recompensados. (É por isso que devemos nos arrepender agora enquanto o perdão ainda está disponível.)

Todo reino tem um rei. O rei do Reino de Deus é Yeshua (João 18.36-37; 19.19). Todo reino possui uma capital. A capital do Reino de Deus é Jerusalém (Isaías 2.3). O rei é a pessoa que carrega a autoridade de Deus; a capital é o lugar da sua autoridade. Jesus é a pessoa; Jerusalém é o lugar (Salmo 2.5).

Toda a história está caminhando em direção a um conflito. O conflito vem da oposição à autoridade de Deus. Antes de o reino de paz ser estabelecido na terra, haverá um tempo de grande tribulação seguido de uma grande guerra (Joel 2.2-3; Jeremias 30.7). Todas as nações e potências que forem contra a autoridade de Deus se unirão para atacar a capital Jerusalém (Zacarias 14.2-3; Apocalipse 19.19). Os ímpios atacarão os santos em todas as nações. 

Tudo isso era central à visão e mensagem dos apóstolos. O movimento deles era para mudar o mundo, restaurar Israel, preparar o povo de Deus para o fim dos tempos e para a volta de Yeshua. O que eles começaram, nós queremos terminar. A visão deles é a nossa. Desejamos renovar, restaurar e completar a comissão apostólica original.

Vamos receber a mesma paixão e o mesmo fogo pelo Reino de Deus e mudar o mundo juntos (Atos 1.8).

Asher Intrater