Pesquisar este blog

sábado, 29 de abril de 2017

DEVOCIONAL - 30 de Abril de 2017

As vacas feias à vista, e magras, comiam as sete formosas à vista, e gordas. ...As espigas mirradas devoravam as sete espigas grandes e cheias. (Gn 21.4,7)


Há uma advertência para nós neste sonho: os melhores anos da nossa vida, as melhores experiências, as melhores vitórias conquistadas, o melhor serviço prestado, podem ser devorados por tempos de fracasso, derrota, desonra e inutilidade no reino de Deus. Algumas vidas, que tanto prometiam e já realizavam bastante, terminaram dessa maneira. É doloroso pensar, mas é verdade. Contudo, não é necessário que seja assim.

Como disse S. D. Gordon, a única certeza de segurança contra essa tragédia é "um sempre renovado contato com Deus", diariamente, de momento a momento. As experiências benditas, frutíferas e vitoriosas de ontem não só não valem para mim hoje, como na verdade serão devoradas ou anuladas pelos fracassos de hoje, a menos que sirvam de incentivo para experiências melhores e mais ricas.

A única maneira de conservar fora da minha vida as vacas magras e as espigas mirradas é permanecer em Cristo, num "sempre renovado contato com Deus". —Messages for The Morning Watch



Perto de Deus

— Andando todo o dia

Perto de Deus, na Sua companhia.

Trazendo os fardos para Deus levar;

E os meus caminhos, para Deus guiar;

Trazendo as dores, falhas e pecado;

NEle esperando, nEle só firmado;

DEle escutando que sou filho amado!...

Andando em meu viver,

Perto de Deus.