Pesquisar este blog

sábado, 27 de agosto de 2011

EU QUERO SER SANTO

Eu quero ser santo, de uma forma tal que a bondade, demonstrada em ações concretas, seja o ar que eu respiro.  
Eu quero ser santo, com o compromisso que não haja no meu corpo uma gota sequer de sangue contaminado pelo ódio (ou seus eufemismos).
Eu quero ser santo, ao ponto de minha língua - essa lança usada para a defesa e para o ataque - não proferir palavras perversas, simplesmente porque elas não fazem ninho na minha mente.
Eu quero ser santo, tendo como uma das marcas da minha vida o indignado interesse pela causa da justiça e da paz, porque a injustiça e a guerra são blasfêmias contra Deus.
Eu quero ser santo, com o prazer de ter a Deus sempre diante de mim, fazendo do mundo o teatro da sua graça e passando também momentos especiais de aprendizado com Ele, através da meditação mediada pela Bíblia e pela oração.
Eu quero ser santo, de modo que as pessoas que me conhecem queiram ser santas.
Sim, eu quero ser santo.
E estou a caminho.

Desejo-lhe um BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo

 
  enviado
       e
  sugerido
     pelo
seminarista
    Jorge.