Pesquisar este blog

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Apostolices

De quando em vez surge no meio evangélico, alguém que crê ter sido chamado para corrigir, pregar ou mostrar o verdadeiro evangelho.
Essas pessoas surgem no meio evangélico e não no meio do evangelho.
São visões, moveres, unções e chamados que entram na igreja, fazem suas catástrofes na vida de alguns e depois ou desaparecem ou se firmam como seitas.
Foi assim com Joseph Smith, Charles Russel, Rev. Moom, David Mo, César Castelano, Vó Rosa, Jim Jones e muitos outros.
Estamos neste exato momento convivendo com as novidades: “O Dizimo foi abolido” – “Evangelho da Água e do Espírito” – ”Unção da Bota de Couro de Cobra” - “Igreja para os sofridos que não podiam assumir sua Homossexualidade” Etc...
Isso nada mais é que apostasia, ou seja, caminhos criados para facilitarem o desvio do caminho da graça.
Alguns se intitularam “Apóstolos” e pregam suas apostolices aos quatro cantos, pervertendo alguns.
Lembremos o que disse um apóstolo verdadeiro e o ultimo homem chamado para o apostolado, Paulo em sua carta aos Gálatas capitulo 1 versos 8 e 9. “ Mas ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema. Assim como já dissemos, e agora repito, se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja anátema”.
Cuidado, pois, no evangelho não existe espaço para os criadores de evangelhos novos, com suas idéias e novidades, o evangelho verdadeiro continua sendo o mesmo com todas suas silabas, pontos e virgulas, nada mudou, o que muda são as estratégias de falsos irmãos que com suas sutilezas, corrompem a fé de outros.
Ainda existe apenas um caminho para Deus, o estreito, e poucos são os que se salvam por ele, mas ainda existe o caminho largo que leva muitos a se perderem por ele.
Vigie e ore.

Pr. Messias Bueno - www.igrejavidaplena.no.comunidades.net