Pesquisar este blog

quinta-feira, 30 de junho de 2011

A MULHER CRISTÃ E O SEU MINISTÉRIO

Pv 31.10-30.

Introdução: A mulher no projeto de Deus, através do seu exemplo de fé, amor, trabalho especial exercido com simpatia, dedicação e compromisso de vida cristã, torna-se notável e singular; capaz de interferir na história e influenciar o mundo.
Deus quer e espera que a mulher cristã na atualidade faça a diferença, e contribua decisivamente para a transformação desta nossa sociedade. Para isso acontecer é necessário:

I – FAZER O QUE POSSO, ENQUANTO POSSO FAZER
Obs: Fatores ou situações a observar, Ec 9.10.

A) – A Idade, Ec 12.1;

B) - A Saúde, Ec 12.2-7;

C) – O Tempo, Ec 3.1
 - Existe o tempo de plantar
 - Existe o tempo de edificar;
 - Existe o tempo de ajuntar pedras;
 - Existe o tempo de abraçar;
 - Existe o tempo de buscar;
 - Existe o tempo de guardar;
 - Existe o tempo de cozer;
 - Existe o tempo de falar;
 - Existe o tempo de estar calado;
 - Existe o tempo de amar;
 - Existe o tempo para evangelizar;
 - Existe o tempo para fazer o bem.

D) – A Condição intelectual, social, econômica, teológica e espiritual;

E) – A Disposição para fazer, Mc 14.3; Lc 7.37, (animo, motivação, força ou coragem, garra, etc...).

F) – Não deixar passar ou perder a oportunidade de fazer o que se deve ou pode fazer, Ec 11.1-2; Ec 11.6; Ec 3.1; Ec 3.17; Ec 3.15.

II – O QUE FEZ A MULHER DE BETÂNIA - (Maria de Betânia), Jo 12.3 - Mc 14:3-9

A) – Veio ao encontro de Jesus na casa de Simão (o homem da casa era leproso), Mc 14.3;

B) – Adquiriu e trouxe em suas mãos um vaso preciosissímo (vaso de alabastro);

C) – Adquiriu um ungüento caríssimo (nardo puro), e encheu o vaso que trazia daquele perfume, Mc 14.3;

D) – Quebrou o vaso, Mc 14.3;

E) – Derramou o perfume sobre a cabeça de Jesus, (ungiu a Jesus);

F) – Perfumou todo aquele lugar, (a casa de Simão, o leproso);

G) – Não Deixou escapar a oportunidade de praticar aquele ato de amor e devoção ao Senhor Jesus.

III – O QUE ACONTECE QUANDO FAZEMOS AQUILO QUE SE DEVE FAZER

A) – O Senhor Jesus vê, Mc 14.8 (o esforço, o trabalho feito, a dedicação, a devoção, a fidelidade, a obediência, etc...);

B) – Jesus reconhece e elogia a nossa atitude, Mc 14.6; Mc 14.8;

C) – Causa inquietação aos negligentes, omissos e murmuradores, Mc 14.4-5;

D) – A pessoa faz história (a mulher foi imortalizada), Mc 14.9;

E) – Deus tem recompensa e galardões, I Co 15.58; Mt 10.41-42.

IV – O QUE ACONTECE QUANDO DEIXAMOS DE FAZER O QUE SE DEVE E PODE FAZER.

A) – Perdemos a oportunidade de praticar grandes ações, Ec 9.10;

B) – Perdemos a oportunidade de sermos úteis a Deus, à Obra de Deus, ao nosso semelhante, e as vezes até a nós mesmo.

C) – Uma oportunidade perdida constituirá em um prejuízo irreparável;

D) – O tempo não pára – se fizermos o tempo vai passar, se não fizermos o tempo passará da mesma forma;

E) – Temos facilidade de criticar, e murmurar contra àqueles que fazem, Mc 14.4;

F) – Temos facilidade para ficar dando palpites naquilo que os outros estão fazendo, Mc 14.5a.

G) – Temos facilidade para vivermos reclamando e revoltados, Mc 14,5b.

V – AS QUALIDADE ESSENCIAIS DA MULHER CRISTÃ, Pv 31.10-31.

A) – É mulher virtude, Pv 31.10; Pv 31.29;

B) – É mulher Valor, Pv 31.10, o seu valor é maior que rubins;

C) – É mulher fidelidade, Pv 31.11;

D) – É mulher benegnidade, Pv 31.12;

E) – É mulher habilidade, Pv 31.13; Pv 31.19;

F) – É mulher trabalho, Pv 31.14; Pv 31.22; Pv 31.24;

G) – É mulher administração, Pv 31.15-16; Pv 31.27; Pv 31.21;

H) – É mulher assistente, Pv 31.20;

I) – É mulher dignidade, Pv 31.25;

J) – É mulher sabedoria, Pv 31.26;

K) – É mulher exemplo, Pv 31.28;

L) – É mulher reconhecida pelo seu marido, Pv 31.28-29;

M)– É mulher louvada, Pv 31.30.

VI –MULHERES NOTÁVEIS DA BÍBLIA

A) - ANA – mulher poderosa no ministério da oração, I Sm 1.9-20; I Sm 2.19-21;

B) – ABIGAIL – mulher que se destacou como pacificadora e grande conselheira, I Sm 25.3; I Sm 25.18-35;

C) – DÉBORA – mulher de liderança, visão e patriotismo (foi juíza em Israel), Jz 4.4; Jz 4.9;

D) – ESTER – mulher de coragem, abnegação e determinação, Et 4.15-17; Et 5.1-3, foi capaz de expor a sua própria vida para defender uma causa nobre, (defender o seu povo, a nação de Israel);

E) – RAABE – a mulher que teve fé para acolher e oferecer proteção aos servos de Deus, Jos 2.1-18; Jos 6.17; Jos 6.22-23;

F) – A SUNAMITA – praticou com sabedoria a difícil tarefa da hospitalidade, II Re 4.9-11;

G) – MIRIÃ, HULDA E AS FILHAS DE FELIPE – mulheres que se destacaram como profetizas, Ex 15.20; II Re 22.14; At 21.8-9;

H) – A SIRO-FENÍCIA (Cananéia) – mulher de fé extraordinária e sobrenatural, Mt 15.28;

I) – DORCAS – uma mulher generosa e grande na prática da filantropia, At 9.36-39;

J) – A SAMARITANA – mulher evangelista, que com sabedoria e graça levou uma cidade inteira a conhecer Jesus, o Salvador do mundo, Jo 4.28-30;

K) – FEBE, TRIFENA, TRIFOSA, PERSIDE E OUTRAS – mulheres que foram notáveis pelo serviço que exerceram na Igreja, Rm 16.1,12; Fl 4.3;

L) – MARIA MADALENA, JOANA, SUZANA, etc... – mulheres que contribuíram financeiramente no ministério de Jesus, Lc 8.2-3;

M)– MARIA DE BETÂNIA – mulher imortalizada e um grande exemplo de devoção, Mc 14.3-9;

N) – MARIA MÃE DE JESUS – mulher santa, agraciada e escolhida por Deus, para ser a mãe do salvador do mundo, Lc 1.26-38.

Pr. João da Cruz Gomes Feitosa
Pastor